terça-feira, 18 de outubro de 2011

Identidade Visual

Chegou o grande dia de anunciar a cara da Doméstica!

E essa cara é.........







A proposta é totalmente inovadora: como a marca é aberta e colaborativa, o logo oficial não apenas mostra colaboração. Ele é colaborativo!!!

Como???

Simples!

A fonte branca sobre o fundo branco só vai sendo revelada pelos traços no fundo. E nós criamos um programa de computador que gera um novo ponto e alguns traços para cada menção a #cervejadomestica no twitter! Assim, todos nós ajudamos a criar o logo em tempo real! O logo só existe se as pessoas estiverem comentando sobre a Doméstica!!! Para entender melhor, fizemos uma apresentação.

O programa já está pronto, mas precisa de alguns pequenos ajustes. Será disponibilizado para download ainda essa semana (provavelmente amanhã, mas não vamos prometer nada, ok?).

A imagem oficial é esta que está aí em cima, que foi a imagem usada para ilustrar o conceito. Tudo isso foi criado pelo designer Luiz Ludwig, que enviou a proposta pela Benfeitoria!

Vamos disponibilizar tudo isso no novo site que já está sendo montado.

Votação do rótulo!!!
Além disso, estamos disponibilizando nove opções de rótulos para serem votados como o primeiro rótulo oficial da marca!!!


A votação está acontecendo neste momento no facebook da marca. O rótulo mais curtido no álbum até domingo (23/10) às 23:59 será o vencedor!!!
















Então agora basta curtir e esperar!













segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Documentário sobre cervejas artesanais no Brasil

O pessoal do Gole de Cerveja lançou no mês passado o documentário "Arte para Beber", uma sensacional sequência de entrevistas sobre a situação das cervejas artesanais no nosso país.
Recomendamos fortemente, pois é sensacional!



Saúde!

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Números finais


Agora que a arrecadação chegou ao fim, vamos divulgar os resultados!

Além dos logos e receitas que recebemos, o projeto arrecadou R$10.227 (107% do total solicitado, que era de R$9.600). Alguns outros números interessantes:

5 benfeitores não pediram recompensa;
18 benfeitores colaboraram de forma anônima;
O video do projeto foi visualizado no vimeo mais de 2.240 vezes. O link do projeto foi compartilhado no facebook mais de 1.130 pessoas. A página do projeto foi visualizada 13.455 vezes. Este blog foi acessado aproximadamente 3.300 vezes;
267 pessoas de 18 países curtiram a página da Doméstica no facebook, sendo 229 do Brasil;
No dia em que fizemos a campanha do Dia da Doméstica (dia 08 de julho), 111 pessoas acessaram a página da Doméstica no facebook e a página do projeto na Benfeitoria foi visualizada aproximadamente 500 vezes;
O valor médio das contribuições foi R$87. O mais alto doado por uma pessoa foi R$390 (3 benfeitores). O mais baixo, R$10 (7 benfeitores);
O valor doado com mais frequência foi R$50 (56 pessoas) e o que mais ajudou o projeto foi o de R$100 (39 pessoas contribuíram nesta faixa);

Mas o número que mais queremos destacar é o seguinte: 124 pessoas contribuíram com a Doméstica!
Esse número é o mais fenomenal pois, sem a ajuda de cada um destes benfeitores, o projeto não seria nada!!!

Além disso tudo, a Doméstica foi assunto em diversos sites, blogs e fóruns na internet. Gostaríamos de destacar o post do Creative Commons Brasil e a matéria no blog da Revista Piauí.

Queremos agradecer a todos pela ajuda e pela confiança!

Obrigado!!!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Fim da arrecadação

Acabou a arrecadação pela Benfeitoria!

Agora podemos dizer que a Cerveja Doméstica nasceu oficialmente!
Vamos trabalhar duro para agilizar a entrega das recompensas e a organização final do evento de lançamento...

Abraços e muito, muito obrigado a todos!!!

quarta-feira, 27 de julho de 2011

META ATINGIDA!!!!

Aeeee!!!!

Como foi publicado ontem em nossa página do facebook, atingimos os 9.600 necessários para a concretização da marca Doméstica!
Agora sim podemos dizer: A Doméstica existe.
Ou melhor: A Doméstica, a primeira marca aberta do Brasil, existe.

Isso só foi feito graças ao envolvimento de todos, na divulgação pelas mídias sociais, nas mesas de bar, reuniões de família, (etc.), e ainda pela colaboração na Benfeitoria.

Obrigado pela confiança de todos!

Nós idealizadores, e vocês co-fundadores da Doméstica, ainda veremos muita coisa boa acontecer.... Afinal de contas, ESSE É SÓ O COMEÇO!!!

Agora que a arrecadação na Benfeitoria foi atingida, pretendemos usar como meio de contato este Blog e nossas páginas no facebook e twitter. Fique por dentro sempre que possível!

Saludos muito animados,

terça-feira, 19 de julho de 2011

Mais blogs - reta final

Bom dia a todos!

Na reta final de arrecadação, faltando menos de 25% da meta, vemos que nosso projeto já ganhou força na internet. Segue abaixo mais dois blogs cervejeiros que colocaram a Doméstica em pauta.

Etilicos.com e Hummcerveja

Na nossa plataforma (www.benfeitoria.com/domestica) já dispomos de 4 sugestões de receitas e 4 sugestões de logos, e ainda sabemos que outras virão. Mas, acima de tudo, precisamos bater os R$ 9.600. Sabemos que é possível, contamos com a colaboração de todos!!

Saludos cervejeiros.


sexta-feira, 8 de julho de 2011

Dia da Doméstica

Queremos fazer a Doméstica chegar aos quatro cantos da internet!

Hoje é o dia de fazer todos que nunca ouviram falar da marca, a conhecerem!

Se você apoia a idéia, vá no facebook da Doméstica e compartilhe o post no seu mural!!!

Vamos juntos realizar este projeto!

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Esclarecimento

Pessoal, gostaríamos de esclarecer uma coisa importante.

A recompensa de R$50 na benfeitoria oferece uma cerveja artesanal aos colaboradores...
É importante esclarecer que esta não é uma cerveja produzida por nós!

Algumas pessoas perguntaram isso e vimos que não está mesmo muito claro!
Mas por várias questões (legais, sanitárias, burocráticas, organizacionais...) decidimos enviar uma cerveja artesanal especial, mas comercial!

Abraços!

PS: quem contribuiu pensando que receberia uma cerveja fabricada por nós e ficou decepcionado com este post, por favor entrar em contato :)

segunda-feira, 4 de julho de 2011

sábado, 2 de julho de 2011

Botto explica o processo de fabricação

Um vídeo do Botto (nosso professor no curso) explicando o processo de fabricação de cerveja.

Vale a pena dar uma olhada...

domingo, 26 de junho de 2011

How Stuff Works - cerveja

Hoje segue um link do programa How Stuff Works (Como Tudo Funciona) da Discovery, no qual o assunto é nada mais nada menos que a nossa querida CERVEJA!


Recomendamos esse video para todos os amantes de cerveja, e principalmente aos que querem entender um pouco mais sobre o processo de fabricação.

Uma boa semana à todos!

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Uma breve história da cultura livre

Remix Manifesto

Gostaria de começar esta história colocando aqui apenas para reflexão o “Manifesto do Remix”, criado por Brett Gaylor, Lawrence Lessig e outros colaboradores e apresentado no filme “RIP: A Remix Manifesto” em 2007.

O manifesto, que fala sobre criação e distribuição de cultura, se sustenta nos seguintes pontos:

1. A cultura sempre se constrói do passado;

2. As forças do passado sempre tentam controlar o futuro;

3. Nosso futuro está se tornando menos livre;

4. Para construir sociedades livres, é necessário limitar o controle do passado.

Para os criadores do manifesto, toda a produção cultural se baseia em algo que foi construído previamente, mas os autores, distribuidores e todas as demais forças atuantes na produção cultural tentam controlar o uso das obras atuais como forma de inspiração para obras futuras. Um belo paradoxo.

Um novo conceito

Agora sim, começando a história do começo. Em 1985, Richard Stallman expressa pela primeira vez o conceito de “software livre” e funda a Free Software Foundation, definindo sob quais aspectos um programa de computador poderia ser considerado “livre”. Essa definição pressupõe quatro liberdades básicas (a contagem começa em zero pois a maioria dos sistemas de computadores começam suas contagens em zero):

· Liberdade 0: A liberdade de rodar o programa para qualquer propósito.

· Liberdade 1: A liberdade de estudar como o programa funciona e modificá-lo.

· Liberdade 2: A liberdade de distribuir cópias, pois assim você pode ajudar seu vizinho.

· Liberdade 3: A liberdade de alterar o programa e distribuir suas alterações, pois assim toda a comunidade se beneficia.

Para ilustrar esse conceito, Stallman cria uma frase genial que acaba se tornando muito famosa: “Free software is free as in free speech, not as in free beer1. Ele mostra assim a diferença entre livre e grátis (ambos representados pela palavra “free” em inglês) e dá a dimensão de que seu trabalho não está ligado apenas a preço, mas a um ideal muito maior. Também cita pela primeira vez o termo copyleft, que passa a representar a idéia de que o autor pode abrir mãos de alguns direitos sobre a obra, em oposição a idéia de copyright, na qual todos os direitos são reservados.

Com isso, ele introduz o conceito. Começam a ser criados os mecanismos que permitem que o mundo dos softwares se torne, ao menos em parte, colaborativo. Em pouco tempo começam a surgir as licenças de software que permitem que o autor comunique aos usuários que tipo de uso deseja liberar para a sua obra. Essa tendência ganha força e em 1991 Linus Torvalds funda o Linux, sistema operacional livre e até hoje um dos maiores exemplos de software livre do mundo.

1 “software livre é como discurso livre, não como cerveja grátis”

Um conceito expandido

No ano de 2004 é lançado o livro Cultura Livre, de Lawrence Lessig. No livro, que tem o provocador subtítulo “como a grande mídia usa a tecnologia e a legislação para trancar a cultura e controlar a liberdade”, o autor expande o conceito de software livre, criado vinte anos antes, para todos os ramos da criação cultural humana.

Lessig é fundador e presidente do Creative Commons (CC), instituição que promove a livre criação, circulação e distribuição da cultura no mundo. O CC cria e mantém licenças que, assim como as de software, permitem aos autores comunicar ao público de que forma pretendem que suas obras sejam utilizadas. Mas, nesse caso, as licenças são abrangentes e pretendem incluir todo tipo de manifestação cultural.

Tendência Mundial

Nos últimos anos os projetos livres, abertos e colaborativos vêm ganhando uma força inimaginável na internet e, consequentemente, no mundo. Existe uma tendência mundial na direção de projetos colaborativos, e a internet é a grande ferramenta que possibilita essa mudança.

A pesquisadora australiana Rachel Botsman criou o Collaborative Lab para estudar especificamente o que chama de “consumo colaborativo”. Ela mostra que a nossa sociedade está mudando de uma sociedade de hiperconsumo para uma de consumo colaborativo e cita quatro fatores fundamentais para esta mudança: uma crença renovada na idéia de comunidade, uma avalanche de novas plataformas de compartilhamento, problemas ambientais mal resolvidos e a crise global que alterou padrões de consumo.

Essas rápidas mudanças na sociedade estão impulsionando iniciativas colaborativas, tais como:

· Zipcar (compartilhamento de carros)

· Wikipédia (enciclopédia aberta)

· CouchSurfing (hospedagem em residências ao redor do mundo)

· World Community Grid (computação filantrópica)

· Swap (trocas de bens)

· Benfeitoria (primeira plataforma gratuita de crowdfunding)

· Doméstica (primeira marca aberta e colaborativa do Brasil)

Conclusões

O ponto para onde todos os especialistas parecem convergir é a noção de que toda essa mudança não vai parar por aqui. Foi um longo processo. Começou há mais de duas décadas em um ramo específico da sociedade e se expandiu conforme apareceram necessidades latentes no contexto global.

Não estamos nem perto do fim dessa tendência e provavelmente nem podemos imaginar a forma como o termo “cultura livre” será visto daqui a, por exemplo, mais duas décadas.

Também é certo que as forças do passado ainda tentam controlar nosso futuro, há barreiras para o amadurecimento dessa idéia e essa evolução natural não será nada fácil.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Benfeitoria

A Benfeitoria foi tema de um trabalho do curso Young Planners da ESPM.

O resultado do trabalho está no vídeo abaixo.

Parabéns Tati, Murilo, alunos e professores do curso e todos os benfeitores!!!!




Pint Price

Descobrimos um site muito interessante: Pint Price

Lá você pode comparar o preço de cerveja em vários lugares do mundo em várias moedas.

Se você vai viajar para o exterior, vale a pena dar uma olhada antes de escolher o destino!

Saúde!

sábado, 18 de junho de 2011

Brasil movimenta dezenas de bilhões de reais com cerveja

Olhem o que saiu na Istoé Dinheiro desta semana (13/06/2011):

8 - Cervejarias
Em clima de inverno

A tradicional cerveja está na mesa dos brasileiros, mesmo no inverno. O Instituto de Pesquisas Canadean mostrou que o setor cervejeiro movimentou R$ 25,8 bilhões no Brasil, em 2010. Só as artesanais geraram 1,29 bilhão. A prova do sucesso será em São Paulo, em julho, na Feira Internacional de Tecnologia em Cervejas, onde mais de quatro mil pessoas degustarão os melhores tipos de bebida


Interessante, não?
O brasileiro é, de fato, apaixonado por cerveja!

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Lorelei Cozinha Cervejeira

Como hoje é sexta-feira, nada melhor que um post sobre cerveja!

Nós, idealizadores da marca Doméstica, não estamos parados quando o assunto é produção de cerveja artesanal em casa. A Lorelei Cozinha Cervejeira é o nosso refúgio, no bairro de Botafogo - Rio de Janeiro.

Há mais de um ano produzimos cerveja. São entre 8 e 10 horas de produção, que começa na moagem do malte e só acaba quando colocamos o mosto para fermentar no freezer (com um termostato devidamente adaptado). Depois de mais de um mês, passando pela fermentação e maturação, chega a hora de fazer o priming (chamamos também de "segunda fermentação"). Adicionamos uma mínima quantidade de açúcar que, em contato com a cerveja pronta, produz álcool (entre 0,2 e 0,4% a mais em relação ao produzido na fermentação) e CO2. É daí que vem o gás! Depois disso é só engarrafar, esperar em geral 10 dias, e partir pro abraço!

Vale lembrar que estas cervejas são produzidas para consumo próprio! A gente não comercializa nada...

Abaixo, fotos de algumas etapas da produção de uma Golden Ale na Lorelei, em junho de 2010.


Começo da brassagem
Os grãos moídos são lançados na água previamente aquecida


Aquecimento do mosto
O termômetro (preso na alça da panela) deve ser cuidadosamente esterilizado

Fervura


Engarrafamento
É possível ver o pote no chão onde as tampinhas estão sendo esterilizadas


Começo do priming
A temperatura é controlada por um termostato adaptado


Produto final - Lorelei Golden Ale

Saudações cervejeiras

terça-feira, 14 de junho de 2011

Agradecimentos

Até agora (14/06/2011) temos R$4140 arrecadados. Gostaríamos de agradecer todos aqueles que contribuíram até agora, os cofundadores da Doméstica!

São eles (por ordem alfabética):
Ana Czeresnia
Ana Maria
André Paps
Barbarahasselmann
Bea
Bebete
Bittencourt
Brunavb
Cami Coelho
Carol Leite
Cassio
Daniel Puig
Daniel Weinmann
Danielzon
Deli & Deli
Dina
Fabio Memoria
Felipe Magalhães
Felipe Reznik
Fernanda Thomé
Gabi
Gabrielle
Gmariano
Guilherme Marinho Nunes
Inez
Isabella
João Marcos Hausmann Tavares
João Santos
Lilinouj
Luiz Mauricio
Luiza Czeresnia
Manu
Marcio Fernandes
Marco Sobral
Mgarrido
Murilo
Rafael Dahis
Rafael Sabbagh
Regina Ferraz
Ricardo
Ricardo P L
Ruth
Tia Claudia
Tino
Vanessa Oliveira (Movere.me)
Vovó Vera

E todos aqueles que fizeram suas doações de forma anônima!

Obrigado a todos!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Lançamento do Blog

Depois de muito trabalho e esforço, aqui está nosso blog!!!

Ainda bem preliminar, iremos atualizá-lo constantemente com notícias, links, vídeos, informações e discussões sobre cultura cervejeira, cultura livre e tudo que cerca esses temas.

Leia também nossas páginas ("abas") deste blog. A princípio são elas:
A Proposta;
Cultura Livre;
Cultura Cervejeira;
Posts em Destaque;
Recomendamos;
FAQ.

Como sempre, contamos com a colaboração de todos para divulgar nosso projeto. Afinal de contas, para criarmos uma marca aberta nada mais importante que um envolvimento de todos!

Saudações

terça-feira, 17 de maio de 2011

Como tudo começou

Nosso grupo de amigos sempre se reuniu em eventos onde a cerveja tinha presença. Bebíamos as cervejas de grandes marcas, que dominam o mercado. Com o passar do tempo, resolvemos começar a experimentar um pouco da grande variedade de cervejas importadas e artesanais que existe por aí.
Entusiasmados com nossa nova “fase gastronômica”, no ano de 2008 decidimos participar de um dos grandes eventos de exaltação à cerveja: a Oktoberfest. Infelizmente, neste ano, não pudemos ir na tradicional de Munique. Fomos a uma pouco mais modesta (porém não menos “cervejeira”), a Oktoberfest de Blumenau.
Dizemos sem dúvida que, apesar de curta, foi uma das melhores viagens de nossas vidas. Aquele clima boêmio, de alegria e diversão incessante, e ainda com as ótimas cervejas que experimentamos, nos cativou. Lá todos pareciam ser amigos de anos (onde na verdade havíamos acabado de conhecer, e a única ligação era estar sentado em mesas próximas, ou às vezes até na mesma mesa, com uma caneca na mão!) Tanta foi a empolgação que, logo que voltamos, corremos atrás para saber como nos aprofundar no assunto. Em novembro do ano seguinte, aproveitamos a oportunidade de fazer um curso de fabricação caseira de cerveja artesanal com o Leonardo Botto, nosso atual amigo.
No curso, aprendemos muito sobre o processo de fabricação, experimentamos muitas ótimas cervejas ganhamos um grande contato com este, até então, “novo mundo”. Após o curso, passamos alguns meses pesquisando e adquirindo equipamentos necessários, até que em abril de 2010 iniciamos a fabricação da nossa primeira cerveja.
Neste meio tempo, participamos de alguns encontros de integração pós-curso, entendemos um pouco melhor o espírito da fabricação artesanal de cerveja, que vai muito além do ato de fazer cerveja. Ela tem como grande pilar a liberdade de fazer algo “seu”, mas ao mesmo tempo não tem sentido se não for compartilhado. A alma da fabricação caseira de cerveja é compartilhar momentos, dividir experiências e “degustar” novas idéias.
Depois de um pouco mais de um ano no meio deste universo, surgiu a oportunidade concreta de contribuirmos com esta maravilhosa cultura. Fomos convidados pela Tati e pelo Murilo, criadores do site Benfeitoria e idealizadores da Doméstica, para levar a cabo este projeto.
Nosso objetivo é difundir e incentivar a cultura da cerveja artesanal no Brasil, principalmente a fabricação caseira de cerveja.
Para isso, nosso projeto se apóia no novo movimento em favor da cultura livre (através do ideal de marca aberta) e no princípio da colaboração. Acreditamos que essas idéias caminham em total harmonia com o espírito cervejeiro.
Estamos trabalhamos para que esta idéia ganhe vida própria e para que, no futuro, possamos dizer que contribuímos para uma cultura cervejeira mais livre e rica no país!

Comentários